Projetos Escolares em Aveiro

Escola Secundária Jaime Magalhães Lima, Esgueira

logo

Nos últimos tempos, o Ori-Estarreja procurou envolver activamente algumas escolas do concelho no Aveiro City Race. Criaram-se dois projectos, com objectivos diferentes, mas onde a divulgação foi a palavra chave comum.

Na Escola Secundária Jaime Magalhães Lima, em Esgueira, procedeu-se à cartografia da Escola, numa primeira fase, ainda antes do ano lectivo se iniciar.

esjml_20160911_demoevent

Após o desenho do mapa, planificaram-se 4 Estações de TempO, a mesma variante da prova TempO do Infante, com as mesmas especificações técnicas da prova de 22 de outubro.

tempo_station_template_station_1_1_v17

Depois de uma apresentação teórica a todas as turmas do Curso Profissional de Técnico de Gestão de Eventos Desportivos sobre a Orientação em geral e o TempO em particular, praticou-se a modalidade em tempo lectivo de Educação Física.

Finalmente, iniciou-se um processo de formação de juízes controladores de TempO, coordenado entre o Ori-Estarreja e a Prof. Isabel Serrano.

No dia do TempO do Infante, cerca de 75% dos juízes serão alunos da Escola e será usado pela primeira vez em Portugal o mesmo método utilizado no Campeonato do Mundo de Orientação de Precisão de 2016, na Suécia, fazendo-se o registo e cronometragem por aplicação móvel.

Escola Secundária Dr. Mário Sacramento, Aveiro

O segundo projecto decorreu nas últimas semanas na Escola Secundária Dr. Mário Sacramento e consistiu em criar percursos de Orientação Urbana na zona circundante à Escola, no Bairro do Liceu, em Aveiro, utilizando uma pequena parte do mapa da Cidade.

Com a ajuda do incansável Prof. Mário Fernandes, fez-se o trabalho de seleção de localizações para pontos de controlo e respectiva montagem de percursos, desenhando-se o Mário Sacramento Orienteering Training Camp.

p1

É com muita energia e sentido de navegação que se tem feito Orientação Pedestre nas aulas de Educação Física desta escola, dando oportunidade a alguns alunos de participar no Aveiro City Race já com algum grau de confiança e autonomia de decisões, quando no inicio do ano lectivo a modalidade lhes era totalmente desconhecida,

Para finalizar este artigo que foi guardado até às vésperas da prova para ser divulgado, cabe ao Ori-Estarreja agradecer aos Exmos. Sr. Diretores das escolas acima mencionadas pela autorização que nos deram a fim de levar a modalidade de Orientação aos seus espaços e alunos da forma mais motivadora que existe de a contactar, na prática, quer na vertente desportiva quer organizativa.

O Clube de Orientação de Estarreja estará sempre à disposição da comunidade escolar afim de promover a prática da Orientação nas escolas, seja em ambiente Urbano, quer em Floresta, onde a modalidade é normalmente praticada.

Segue-nos e dá um 'Gosto'!!!

Comments are closed.